Agricultores familiares já podem se inscrever no Garantia-Safra 2020-2021

  • Home
  • Agricultores familiares já podem se inscrever no Garantia-Safra 2020-2021

13 de Outubro de 2020 às 12:26

O agricultor familiar de municípios sujeitos a perda de safra por causa da seca ou enchentes pode contar com apoio para garantir condições mínimas de sobrevivência. O Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento já está com as inscrições abertas para o programa Garantia-Safra, período 2020/2021. Agricultores familiares de dez estados poderão se inscrever para receber o benefício de R$850.


São 1.350 milhão de inscrições, sendo que quase 700 mil agricultores familiares já fazem parte do programa de forma automática por terem solicitado o benefício em safras anteriores. Segundo o coordenador-geral Operacional do Garantia-Safra, José Carlos Araújo Mercês, o Governo Federal disponibilizará R$ 468 milhões para execução do Garantia-Safra no ano de 2021.
O coordenador disse que o pagamento do Garantia-Safra do período 2019/2020 deverá ser liberado em outubro.

 

 

E Tem como objetivo garantir a segurança alimentar de agricultores familiares da Região Nordeste e norte de Minas Gerais que perderam, pelo menos, 50% da produção por causa da estiagem ou excesso de chuvas.

Devido as medidas de segurança adotadas por causa do coronavírus, agricultores familiares que se inscreveram nas safras 2018/2019 e 2019/2020, e as DAPS utilizadas nas inscrições com validade até 04/09/2020, migraram automaticamente para safra 2020/2021.Os agricultores familiares que não tiveram a inscrição migrada poderão se inscrever presencialmente nas instituições emissoras de DAP, devendo respeitar as normas vigentes de enfrentamento da Covid-19.

As cotas serão disponibilizadas para os seguintes estados: AL, BA, CE, MA, MG, PB, PE, PI, RN, SE. Cada estado com seu número de cota, tendo cota reserva de 95.000,00.

Equipe Agristamp.laugh